NOTÍCIAS

O primeiro meio de comunicação oficial

O primeiro meio de comunicação oficial

POSTADO EM 31.01.2019
VOLTAR PARA NOTÍCIAS INDIQUE A UM AMIGO

A Toca e você

A história do nosso primeiro meio de comunicação oficial

O que vem à cabeça quando você ouve a palavra “Mulambento”? É provável

que você pense em pessoas com aparência descuidada e, principalmente, nas

pessoas em situação de rua. Justamente por pensar nos nossos amados

irmãos que vivem nas ruas, esse foi o nome dado ao informativo da Toca de

Assis, o nosso primeiro meio de comunicação oficial, criado por um grupo de

leigos em agosto de 1997, no escritório da Casa de Missão que tínhamos no

Butantã, em São Paulo.

A “equipe editoral” do “Mulambento” era formada pelos leigos Maria do Carmo

Pereira Carno, mais conhecida como Cacá, Mariana Pereira Carno e Micheli,

as quais confeccionavam o informativo de forma artesanal. “Nós escrevíamos

os textos em uma folha de papel sulfiti, colávamos as fotos e depois fazíamos

uma cópia para distribuir”, conta Cacá.

Segundo ela, naquela época (1997), o “Mulambento” era única forma de

comunicação oficial da Toca de Assis, permitia que as pessoas conhecessem

melhor a Fraternidade e o impresso era distribuído a todos pessoalmente. Não

havia o envio pelo correio como acontece hoje.

Depois de algum tempo, em conversa com os coordenadores dos Institutos de

Vida religiosa, ficou decidido a alteração do nome para “Informativo Toca de

Assis”, pois “Mulambento” era um nome inadequado, porém na época era

usado para lembrar dos nossos irmãos de rua e demonstrar o cuidado que era

ofertado eles por amor a Jesus. Ou seja, comunicar um dos pilares do nosso

carisma. “Em verdade eu vos digo, que todas as vezes que fizestes isso a um

dos menores de meus irmãos, foi a mim que o fizestes!” (Mt 25, 40)

VOLTAR PARA NOTÍCIAS